Episódio 16: Afinal somos bons ou maus?

Como são representados os pequeninos?

Há uma dualidade muito grande no mundo encantado dos pequenotes, ora são uns verdadeiros monstrinhos com uma personalidade de bradar aos céus, ora são a coisa mais fofinha e adorável do universo. Afinal… Qual é a grande verdade?

A primeira coisa que dizem quando olham para mim acaba, inevitavelmente, por ser… “Awww, és mesmo tão pequena!”. As pessoas que costumam dizer estas coisas são tão originais, nem é como se não tivesse passado uma vida inteira a ouvir a mesma coisa. Obviamente, após um comentário tonto daqueles, o que me sai é “Ai é? Não fazia ideia!”.

Sempre me disseram… “Se não tens nada a dizer, fica calada”, e eu sei que as pessoas tentam mesmo ser extra agradáveis quando se deparam com o meu 1,47m mas eu não sou debilitada ou mentalmente incapaz, por isso, podem só falar normalmente comigo.

“It’s so fluffy, I’m gonna die…” Like… what?

Talvez por comentários tão parvinhos, surjam mitos de que os pequenotes são, geralmente, muito intensos e mal humorados, o que não é bem verdade. O único (grande) problema é que parece que os comuns mortais desaprendem a comunicar com pessoas abaixo dos 1,60m!

Tudo isto para concluir que no mundo do cinema as pessoas pequenas são, habitualmente, representadas de duas formas: os mauzões insuportáveis ou as coisas mais fofinhas da vida.

Por um lado temos o sátiro do Hércules, o Phil, e por outro, temos os Smurfs. Quer dizer… Ora somos representados como as coisas mais chatas, embirrentas e malvadas, ora somos uns fofinhos que ajudamos todos e temos um coração três vezes maior que nós.

Da mesma maneira, numa visão mais fantasiosa, temos os smeagols que são os seres mais possessivos e estranhos que podem imaginar, e por outro, temos os hobbits que só querem ter a sua vida nos conformes (quem não?).

No entanto, o suprassumo da bipolaridade da representação é…

*momento de suspense*

FADA SININHO!  Ok, ela é amorosa, muito fofinha e a sua proteção avassaladora pelo Peter Pan é qualquer coisa de admirável, ainda assim, não há criatura mais mázinha quando quer e aquela que give tiny people a bad name… Não acham? Quais são as personagens pequeninas que mais gostam?

Até ao próximo episódio!

Facebook | Instagram
Pat, a Fun Sized |  Sofia, a Ilustradora

Anúncios
Patricia Fernandes

Miúda de 25 anos, apaixonada por música e redes sociais - com um affair em jornalismo. Podem encontrar-me, com frequência, em concertos ou num café a falar de música.

O que achaste deste artigo? Partilha connosco!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.