Episódio 1: O que acontece a uma minorca na Alemanha?

O Perks voltou!

*pausa para celebração*

Após pedidos de várias famílias, juntei-me com os meus queridos companheiros de projeto e considerámos que o Perks devia voltar. Ainda em modo escrito, com as ilustrações da querida Sofia, no entanto, estamos a preparar algumas novidades que vão adorar.

*voltando ao que importa*

Introduções à parte, esta temporada é inaugurada com… Mais uma viagem da vossa pequena. Esta viagem foi à Alemanha, nada mais nada menos do que o oficial país dos gigantones europeus. Foi muito divertido, comi currywurst e caminhei que me fartei. Em três dias visitámos Frankfurt, Mannheim e Heidelberg. Tudo muito giro, embora meio atípico de tudo o que considerava ser a Alemanha.

Tudo maravilhoso não fosse o facto de eu ser mesmo pequena num país feito para pessoas grandes. Se não, ora vejamos…

A minha viagem foi fortemente registada até porque, caso contrário, ninguém acreditaria em mim! As dificuldades estão nas pequenas coisas, sejam os guarda-chuvas são industriais, feitos para “4 pessoas” onde, no fundo, cabe um alemão e eu – mas só porque tenho menos de 1,50m; sejam as bancadas que chegam à minha testa ou cadeiras que estão do tamanho dos meus ombros.

Por outro lado, a Alemanha é um país repleto de cultura, acontecimentos históricos e muita história. Na entrada de Heidelberg há uma ponte com uma entrada e, nessa mesma entrada, há uma estátua extraordinária, imponente onde uma pessoa de tamanho considerável consegue ser fotografada lá dentro. Naturalmente que eu não… Só mesmo com ajuda, e mesmo assim, com figuras ridículas e direito a ser gozada por turistas chineses. Também encontrei desses por lá.

A mais escandalosa é mesmo uma estátua Playmobil dentro de uma igreja. Tudo lindo, maravilhoso e engraçada. Até que decidi tirar uma fotografia para imitar os outros turistas. Recordemos que esta foi feita para parecer uma versão gigante das peças Lego, mas mais pequena que as pessoas “normais”, no entanto, como só podia ser comigo, tudo é ainda mais absurdo a partir do momento em que me coloco ao lado da estátua, sendo fotografada e gozada por estrangeiros turistas que faziam fila.

Se não acreditam, vejam com os vossos próprios olhos.

Naturalmente que, após cada uma destas fotografias, o meu grupo riu-se durante 10 minutos, com direito a lágrimas, rebolanços no chão e risadas histéricas. Ao menos que eu sirva para alguma coisa, não é?

O melhor foi correr todo um aeroporto para chegar a tempo do embarque e o avião estar duas horas atrasado. Uma tristeza porque, obviamente, o meu ser minúsculo não ia perder 20 minutos para trás e voltar outros 20 minutos só para petiscar um último currywurst. Quer dizer, agora que penso nisso, devia tê-lo feito.  Ao menos voltava toda consolada da vida com este manjar dos deuses.

Até ao próximo episódio!

Facebook | Instagram
Pat, a Fun Sized |  Sofia, a Ilustradora

Publicado por

Patricia Fernandes

Miúda de 25 anos, apaixonada por música e redes sociais - com um affair em jornalismo. Podem encontrar-me, com frequência, em concertos ou num café a falar de música.

2 opiniões sobre “Episódio 1: O que acontece a uma minorca na Alemanha?”

O que achaste deste artigo? Partilha connosco!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.