By: Sofia Viães

Episódio 12: Aquelas pessoas

O Perks surgiu como forma de explicar aos outros que, apesar de tudo, as pessoas pequenas também conseguem ter uma vida (quase) normal; no entanto, há sempre um conjunto de pessoas cujo desporto é, precisamente, provar-nos como não podemos ter uma vida normal, tornando-a simplesmente difícil e embaraçosa.

Neste episódio vamos fazer uma visita aos episódios anteriores e compilar as várias pessoas com quem os minis se cruzam toda a vida (e, também, porque as pessoas adoram listas). Tentando dar-vos algum senso, apresento-vos o top 5 de pessoas que tornam a nossa vida num verdadeiro circo:

  1. Abraçadeiras

Há determinadas pessoas que adoram abraçar os mais baixinhos e, por mim, tudo bem, mas quando o fizerem não nos tirem do chão – o resultado é ficarmos em pânico, com aspecto de peluche nas mãos de um puto rebelde a sermos agitados por todo o lado. A imagem não é bonita de maneira nenhuma nem é agradável. Se quiser voar, apanho um avião.

Dentro deste grupo, destacam-se aqueles que acham hilariante abraçarem-se à nossa cabeça e agitar-nos nem toalha na praia em pleno mês de Agosto. É muito chato e embaraçoso e não fica bem a ninguém, façam-nos esse obséquio;

  1. Namers

Pessoas que adoram atribuir-nos os nomes mais aleatórios, isto é para vocês. Atribuirem-nos alcunhas deprimentes, numa tentativa de serem engraçados, não resulta; não vão parecer simpáticos mesmo que pensem que estão a ser as pessoas mais queridas de sempre. Os nomes são super criativos (não são, mesmo!) vão desde porta-chaves, pigmeus, smurfs ou, o mais original, hobbits.

Não tentem demasiado, torna-se deprimente e parecem menos cool;

  1. Engraçadinhos

Em terceiro lugar, e não menos importante, estão os engraçadinhos. Este conjunto define-se por fazer piadas, constantemente, o que se vai tornando irritante e nada divertido. Gigantes, coisas como “como está o tempo aí em baixo?”, “Posso-te meter no bolso? És tão fofinha!” ou “És mesmo fixe para ir a concertos, dá sempre para ver contigo” não são engraçadas;

  1. Comparadores

Este conjunto é caracterizado pelas pessoas que fazem constantes comparações entre a vida deles e a dos mais baixos. Rirem-se por não chegarmos ao balcão, ou filmarem-nos enquanto tentamos buscar latas de feijão à prateleira de cima dos supermercados não é divertido.

Ah, e não digam “Como é que consegues conduzir?” – conduzimos como todos os outros, apenas com o banco puxado à frente e todo para cima. Podemos ser pequenos mas conseguimos ter uma vida perfeitamente “normal”;

  1. Sem ofensa

Por último mas fundamentais para esta lista estão os “sem ofensa”, pessoas que estão a gozar claramente com a nossa cara, mas que terminam todas as frases com “sem ofensa” ou “estava só a brincar”. Nós, os póneis, somos muito tolerantes e até nos podemos rir, mas não abusem da vossa sorte. Lembrem-se que somos minorcas e, por isso, chegámos rápido aos pontos-chave.

Vocês foram identificados Após uma análise profunda à minha vida diária (não, não foi assim mas tudo bem!) vocês foram identificados, e espero que ganhem consciência e nos dêem muito carinho.

Com amor do vosso hobbit especial.

Revisão: Mitchel Molinos

Publicado por

Patricia Fernandes

Miúda de 25 anos, apaixonada por música e redes sociais - com um affair em jornalismo. Podem encontrar-me, com frequência, em concertos ou num café a falar de música.

O que achaste deste artigo? Partilha connosco!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.