By: Sofia Viães

Episódio 9: Abraçar não é tudo

A seguir a dormir, comer e outras actividades que possam estar a considerar, cumprimentar pessoas é a coisa que os seres humanos mais fazem.

É tudo muito bonito, mas nós, os seres mínimos do conglomerado terráqueo, não temos a mesma percepção visual e sensorial das coisas por motivos mais que óbvios e, por isso, até um abraço ou um cumprimento mais físico (leia-se um beijo; sim, qualquer um deles) implica um esforço heroico da nossa parte.

Aos olhos dos outros, este acto tão comum entre os mortais do nosso planeta é muito despropositado para nós, os porta-chaves da nação; não só temos de nos pôr em bicos de pés para cumprimentar alguém (e dá uma dor de pés ao final do dia) como, invariavelmente, acabamos a abraçar o torso dessa pessoa com a cara encostada ao peito porque não chegamos a outro lado (até pode ser uma ideia romântica mas não é nada prática, só funciona mesmo em filmes de domingo à tarde).

No entanto, o pior disso é quando decidem que somos peluches e nos pegam; e o resultado é sempre o mesmo: acabamos pendurados nos braços de alguém, a espernear enquanto nos partem as costelas – só para se exibirem aos outros da sua raça.

Vou explicar-vos que não é engraçado acabar “pendurada” só por cumprimentar alguém e não, isso não faz de ti mais fixe que os outros porque TODOS fazem o mesmo. Também não é hilariante perguntares pelo “tempo aí em baixo” ou baixares-te à minha altura e comentares “wow, é isto que tu vês?”.

Por isso, e em representação do movimento minimalista, cumprimentem-nos e falem connosco como seres normais, mesmo que fiquem com dores de costas durante três dias. Só vos fica bem e é o mínimo que podem fazer por serem egoístas ao ponto de conceberem um mundo para pessoas acima de 1,60m.

Revisão: Mitchel Molinos

Publicado por

Patricia Fernandes

Miúda de 25 anos, apaixonada por música e redes sociais - com um affair em jornalismo. Podem encontrar-me, com frequência, em concertos ou num café a falar de música.

O que achaste deste artigo? Partilha connosco!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.